Noite de Halloween em Milwaukee Mile na IndyCar Series

November 2, 2015

A noite do último Domingo, 01 de Novembro de 2016, foi o ilustríssimo palco da 6º etapa da Ianalyze IndyCar Series. A Etapa foi sediada no autódromo de Milwaukee Mile, na cidade de West Allis, Wisconsin, Estados Unidos. O Autódromo é considerado um dos mais antigos do mundo, recebendo corridas oficiais desde o ano de 1903 e não poderia ser local mais apropriado para receber a corrida especial no final de semana em que celebramos o Halloween. Quem seria o piloto a desbravar os mistérios macabros da mais antiga pista de oval do mundo? Poderiam os pilotos da F1APS figurarem entre os 3 melhores da etapa? 

 

A LARGADA

 

O multicampeão Victor Del Porto cravou a poleposition mostrando toda a sua habilidade e competitividade no início da prova em West Allis. Luis Zambelli da F1APS garantiu uma boa largada aferindo o 10º melhor tempo, Nathan Ciarlo o 15º posto e José Pinho o 19º tempo. A largada para a 6º etapa foi tranquila e a corrida prosseguiu em bandeira verde até o primeiro forte acidente que ocorreu na 10º volta da competição. Os bólidos fabricados pela Dallara, modelo DW 12, eram guiados nas curvas do autódromo de 1 milha com médias de velocidade entre 230 e 240 km/h.

 

A CORRIDA

 

A 35º volta marcou uma fatalidade na atuação dos pilotos da F1APS. Com problemas mecânicos, o piloto Nathan Ciarlo acabou sofrendo uma derrapagem na entrada da reta dos boxes e acabou atingindo o muro da parte interna do traçado. O halloween fazia neste momento a primeira vítima séria da corrida. Gabriel Borba também abandonava nesse momento que cravou a 3º bandeira amarela da competição.

Com 200 voltas de duração, Milwaukee Mile foi garantia de grandes emoções noite a dentro do último domingo. Logo após as primeiras bandeiras amarelas, Adriano Pinheiro assumiu a liderança da prova optando por uma estratégia diferente a do piloto Victor Del Porto. A 100º volta marcou a troca na liderança, que nesse momento era ocupada por Márcio K. Costa. Em uma emocionante disputa, que envolveu a estratégia de paradas em bandeira verde, Adriano Pinheiro, sempre ele, voltou a liderança da competição. José Pinho, da F1APS, que já havia oscilado entre os 7 melhores carros estava agora na 11º posição e novamente lutava por uma posição no top 10 da corrida. Pinho até o momento era o melhor piloto da F1APS na competição, ocupando o 7º lugar no campeonato que é disputado por 34 pilotos. Luís Zambelli, que infelizmente sofreu com o desgastes de pneus e também já havia abandonado e registrava a 20º colocação na etapa.

Adriano Pinheiro corria absoluto na primeira colocação contabilizando 50 voltas para o final da etapa. José Pinho ocupava o 9º posto valendo-se do inesperado abandono do grande piloto Djefferson Ramos, que sofreu um acidente forte faltando um quarto para o final da corrida.

 

A CHEGADA

 

Maldição ou previsão, a volta 151 registrava somente 7 pilotos na volta do líder. Com um número elevado de abandonos Milwaukee Mile mostrava-se como uma das pistas mais complexas do calendário e deixava o final da etapa imprevisível. Adriano Pinheiro insistia em desafiar todas as bruxas e ia garantindo uma segura vantagem para Márcio Costa; por sua vez, seguido por Victor del Porto.  José Pinho ultrapassava Carlos Passos que adiantava sua parada mudando a estratégia e ocupava já a 8º colocação.

E o Halloween ainda tinha surpresas reservadas para o final da etapa! A volta 171 testemunhou o abandono de Gustavo Cavalcanti, atual líder do campeonato. A corrida porém, seguiu em bandeira verde.

Márcio Costa ousava na estratégia nas últimas 10 votas da corrida e arriscava terminar sem fazer uma última parada. Adriano Pinheiro tirava tudo o que podia na segunda posição para reduzir a vantagem de Márcio que chegou a ser de 20 segundos. Márcio, porém, não resistiu em pista e foi obrigado a parar na volta 195 da competição. A. Pinheiro assumia a liderança nesse momento e a sua disputa passava a ser com Victor Del Porto que ocupava o segundo posto. José Pinho seguia no 8º lugar.

 

Ao final das 200 Voltas assombradas de MilWaukee Mile confirmaram a maldição final. Adriano Pinheiro que liderou a maioria das voltas sofreu pane seca e Victor Del Porto, o chacal da estratégia na IndyCar, garantiu uma vitória incrível na última volta da corrida. Adriano Pinheiro, arrastando-se pela pista, como belo zumbi em noite de bruxas, garantiu a 2º colocação seguido por Carlos Guimarães. José Pinho, o guerreiro do Top 10 garantiu a 8º colocação para a F1APS somando ótimos pontos para o campeonato.

 

 

 

 

Please reload

Matérias em destaque:

1ª Etapa MoT - Interlagos - Categoria B

June 23, 2015

1/2
Please reload

Matérias recentes:
Please reload

Arquivos:
Please reload

Redes Sociais:
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Velocidade virtual, amizade real!                                      Desenvolvido por F1APS - 2019                                Todos os direitos reservados para F1APS